O Taekwondo é uma atividade completa. Ao mesmo tempo que é arte marcial, também é defesa pessoal e esporte olímpico. Ao mesmo que uma aula pode ter o foco gastar até 800 kcal, outra pode ser só para falar da filosofia da luta. Ao mesmo tempo que pode transformar corpos, pode, também, transformar mentes e vidas.

Perseverança, integridade, controle de si próprio, respeito e lealdade são algumas das palavras que fazem parte da filosofia do Taekwondo desenvolvido por um general sul-coreano.

Quer saber o que esse nome significa?

“Tae” significa pé (chutar, pular, equilibrar); “kwon” remete à mão (socar, bater, defender) e “do”, na tradução, significa CAMINHO → “Caminho dos pé e mãos através da mente”

5 motivos fazer uma aula de Taekwondo

1) É uma luta que tem movimentos bonitos, precisos, e que promove  pouco contato com adversários em golpes agressivos.

2) Uma criança pode praticá-la ao lado de um adulto, tranquilamente. Por ser uma arte marcial e não ser violenta, pode ser trabalhada em grupos grandes, trios, duplas, além de individualmente.

3) As aulas ajudam no desenvolvimento de força, velocidade, equilíbrio, flexibilidade, resistência e companheirismo, acima de tudo.

4) Muda a vida! A estética e o corpo em si mudam pelo simples fato da prática de algum exercício, mas a parte mental é a mais atingida. Pessoas tímidas passam a ser capazes de liderar pequenos grupos; crianças inseguras tornam-se confiantes de si mesmas; adultos encontram, na luta, meios de superar grandes problemas.

5) A troca de conhecimento é gigantesca! O iniciante aprende com o mestre e o mestre, constantemente, também aprende com quem acabou de começar.

Taekwondo na Academia Galpão: Mestre Rodrigo

Assim como acontece com diversas crianças, a história do Mestre Rodrigo com o Taekwondo começou logo cedo.

Os chutes, saltos e movimentos que via outros profissionais praticando em uma academia deixaram-no encantado ainda na infância: “Tudo que eu mais queria era chutar e brincar daquela forma”, lembra.

Foi assim que, após praticar um tempo de judô, ele entrou para o Taekwondo e nunca mais parou.

Quando pequeno, não se afeiçoava a nenhum outro esporte. Foi na luta que se desenvolveu e ampliou suas capacidades físicas e psicológicas.

“Fui me descobrindo. Era muito inseguro e tímido. O Taekwondo ajudou a me transformar na pessoa que eu sou hoje, com autoconfiança e capaz de ser líder de alguns grupos”.

Hoje, em 2018, após muitos anos, quem participa da maioria das atividades da prática no Galpão junto a Rodrigo, é um dos alunos que, inclusive, se formou com ele: Consani.

Faixa preta na modalidade, o ex-aluno, e também atual professor, conta que conheceu a luta através de um projeto social e que Rodrigo teve grande participação na sua vida!

Ajuda a enfrentar seus medos e a conquistar grandes desafios

Mesmo quando perdeu todas as lutas, em sequência, no primeiro ano de competição, Consani não desistiu de tentar. Ao lado do treinador, continuou persistindo, tentando e em uma luta bastante difícil se tornou campeão paulista de Taekwondo.

Ele nunca desistiu! A luta o ensinou para persistir!

Segundo Rodrigo, o “verdadeiro sentido da arte marcial é esse: pelo movimento, pelo chute, pela luta e pelo combate você trabalha seus medos e seus anseios”.

“Ver pessoas que formei dando aula é orgulho. Alguém está reproduzindo e passando a mensagem que eu considero que seja ideal… É grandioso!”, completa o mestre.

Quer fazer parte dessa grande família?

Você é nosso convidado!

@vemprogalpao